Escolha uma Página

Depois de anos de profissão, você já descobriu: não existe “fórmula mágica” quando o assunto é a gestão da sua clínica ou consultório médico.

 

A rotina médica é cheia de desafios, especificidades e urgências e, por isso, as tarefas organizacionais e administrativas precisam ser encaradas com muito dinamismo – caso contrário, erros podem ser muito impactantes.

 

Embora o cenário seja este, existem algumas “regras de ouro” que todo médico e/ou gestor de clínicas e consultórios médicos pode seguir para evitar transtornos.

 

Para te ajudar a otimizar a agenda e o dia a dia de trabalho, evitando atrasos, erros e prejuízos financeiros, separamos para você as 6 melhores dicas para ter uma boa gestão da clínica médica.

 

Veja só:

 

1) Analise o que é defasado e modernize-se:


Feliz ou infelizmente, os tempos são outros! Hoje em dia, o papel tem perdido cada vez mais espaço para as telas e a mensagem de texto dá vez à maioria dos informes feitos pessoalmente ou por telefone.

 

No meio profissional, estas saídas significam tempo otimizado e melhor direcionado às tarefas mais importantes.

 

Por isso, analise constantemente o que está defasado em sua clínica: há métodos e sistemas arcaicos, que o atrasam e atrapalham? Algo pode ser sistematizado para poupar tempo e esforços? Você pode substituir o físico pelo digital?

 

Essa autoanálise vale até mesmo para o que você já tem de digital ou sistematizado em sua clínica ou consultório médico – se, mesmo assim, algo está defasado, está na hora de modernizar-se.

 

2) Invista no armazenamento em nuvem:

Se o assunto é modernizar, o armazenamento em nuvem é uma das saídas mais transformadoras para a sua clínica!

 

Além de dar fim aos documentos em papel, trazendo mais espaço físico ao consultório, a centralização em nuvem deixa todos os dados dos pacientes e outros documentos salvos em um só local, com extrema segurança e mobilidade – acessível de qualquer lugar através da Internet.

 

3) Busque uma saída inteligente para os prontuários médicos:

Você sabe: a legislação médica pede, por obrigatoriedade, que os prontuários dos pacientes sejam arquivados por, no mínimo, 20 anos.

 

Isso é sinônimo de burocracia e grande volume físico de dados.

 

Para mudar este quadro, e garantir muito mais segurança destes documentos essenciais na relação médico-paciente, invista na opção dos PEPs – prontuário eletrônico do paciente.

 

Alguns sistemas digitais já contemplam a opção de armazenamento legal, isto é, juridicamente válido, dos PEPs, podendo até mesmo substituir os documentos impressos já existentes por versões digitalizadas.

 

4) Utilize estratégias para evitar desistências e faltas:

Além de garantir uma boa organização da clínica médica, é igualmente importante atentar-se à redução de prejuízos financeiros da clínica.

 

Um dos pontos mais importantes, nesse sentido, é evitar os “furos” na agenda.

 

Mais uma vez, a saída pode surgir do meio digital! Afinal, algumas plataformas médicas também operam com a possibilidade de envio de e-mails e SMSs automatizados para pacientes, lembrando-os de suas consultas, exames e retornos.

 

Segundo o ClinicWeb, a opção diminui em até 70% o índice de absenteísmo nas clínicas e consultórios!

 

5) Delegue adequadamente as funções internas:

É claro que para poder usufruir das dicas acima, você também precisa ter uma equipe bem preparada para todas as tarefas do dia a dia – inclusive, das não programadas.

 

Mais do que isso, é preciso que cada um tenha a sua função bem definida, sem que um interfira nas atribuições do outro, principalmente quando falamos das partes administrativa e financeira.

 

Para facilitar essa estrutura, os softwares médicos costumam funcionar por módulos. Estes são usados de acordo com cada necessidade, ou seja, o profissional só tem acesso ao módulo de sua competência, evitando interferências desnecessárias e acúmulos de função.

 

6) Utilize um sistema médico que reúna todas essas funções:

Para reunir todas as dicas sugeridas até aqui, é importante utilizar um sistema para clínicas médicas que incorpore todas as funcionalidades que você precisa.

 

Ao invés de perder tempo e afetar sua logística utilizando uma plataforma para cada necessidade, procure encontrar uma única opção que satisfaça todos os processos internos de seu consultório.

 

Além de todas estas vantagens, essa opção costuma ser também mais rentável!

 

cta-clinicweb